13/05/2012

DRAFT 2012: GRADE

LaVon Brazill: "cópia" inferior de T.Y. Hilton?



Round 1: QB Andrew Luck – A+: Conforme já escrevi, é difícil imaginar um nome melhor para substituir Peyton Manning no comando da franquia. Além do indiscutível talento, Luck tem uma ética de trabalho e a paixão pelo jogo semelhantes ao de Manning. Melhor impossível.


Round 2: TE Coby Fleener B+: Não sou o maior fã do tight end. Acho que foi supervalorizado por jogar com Luck. De qualquer jeito, será um grande e confortável alvo. Um agrado para o nosso novo quarterback.


Round 3: TE Dwayne Allen – C+: A graduação não é para o jogador. É para a escolha. Após perder o CB Casey Hayward para os Packers, a escolha de outro tight end foi questionável para a formação do time.


Round 3: WR T.Y. Hilton – B-: Após um trade up, o time escolheu um jogador que provavelmente estaria disponível no quarto round. Hilton pode contribuir nos retornos e como slot receiver.


Round 5: NT Josh Chapman – A: Boa escolha. Chapman caiu por causa da lesão. Mas, deverá estar pronto para a temporada. Excelente valor no quinto round.


Round 5: RB Vick Ballard – D: Teve quem o considerou até mesmo um steal. Mas, Ballard nunca mostrou nada especial. Power back que não passa do primeiro contato? Ballard vem para jogar nas terceiras descidas, mas não é um excelente recebedor nem bloqueador.


Round 6: WR LaVon Brazill – C: Até é um bom valor para o sexto round. Mas, tem um estilo semelhante ao de Hilton.


Round 7: OT/OG Justin Anderson – D: Tinham melhores prospectos, inclusive para linha ofensiva. Dificilmente seria escolhido.


Round 7: OLB Tim Fugger – B: Bom valor no último round e uma necessidade do time.


Round 7: QB Chandler Harnish – C: Seria uma boa escolha. Mas, novamente: não contribui para a formação do time. Após fazer uma troca por um QB veterano, a busca por um backup a longo prazo poderia esperar por, pelo menos, mais uma temporada.


Grade geral: B+


Em breve, uma análise mais geral do Draft.